NA QUARENTENA, O MUNDO DO CHARUTO VIROU UMA LIVE


As transmissões via Youtube e Instagram bombaram, mas será que este fenômeno veio para ficar?  POR CEZAR ADAMES

Com rígidas medidas de isolamento social durante a pandemia do coronavírus, tivemos que ficar em casa para evitar a transmissão da doença. Vários hábitos mudaram e, segundo o Business Insider, plataformas

de transmissão on-line registraram aumento de 70% no uso das lives, tanto para transmissão quanto para consumo.

Isso pode ser explicado pelo costume que os brasileiros têm de reinventar o seu dia a dia ao ter que trabalhar em casa e não manter contato físico com ninguém. As lives surgiram como uma forma de contin

uar mantendo o contato mesmo que virtualmente. Elas transitaram entre diferentes segmentos, No Reino Unido o English National Ballet transmitiu por Youtube suas aulas, nos Estados Unidos o zoológico de Los Angeles fez interações ao vivo via Facebook onde mostrava os animais e respondia a perguntas, até o Papa Francisco transmitiu pela Internet a tradicional missa de Páscoa.

A onda de lives, termo em inglês pelo qual as transmissões ficaram conhecidas, impulsionou o consumo de um formato de vídeo que até a pandemia era utilizado apenas em situações especiais. Esta explosão das transmissões não tem precedente e segundo dados do YouTube, as buscas por conteúdo ao vivo cresceram 4.900% no Brasil na quarentena.

Dados da consultoria norte-americana Tubular Labs indicou que no final de março ocorreu um aumento de 19% nas transmissões ao vivo pelo Youtube, uma média de 3,5 bilhões de minutos de conteúdo por dia. Estudos ainda mostram que a audiência das lives é de dez a vinte vezes maior do que os vídeos gravados hospedados no Youtube.

Além das lives de entretenimento e shows, algumas empresas começaram a se reinventar e produzir conteúdo com vendas. O shopstreaming termo criado para uma live vendedora surgiu na China e já faz parte da rotina dos chineses. No vídeo ao vivo os vendedores apresentam o produto enquanto respondem dúvidas dos consumidores. Aqui no Brasil até a Nespresso adotou esta técnica. A iMedia consultoria estima que este modelo de venda irá gerar um faturamento de 129 bilhões de dólares em 2020, um crescimento de 110% se comparado com 2019.

Outra ferramenta de comunicação que aderiu as lives foi o aplicativo Instagram que tem uma ferramenta de vídeo desde 2016. Durante a pandemia ela passou a permitir que as lives de até uma hora de duração pudessem ficar gravadas no perfil que a produziu para ser assistida mais tarde como é comum no Youtube.

LIVE ESPECIAL Caruso Lounge

Mulheres & Charutos

LIVE ESPECIAL Caruso Lounge

Charuto Cubano x Off Cuba, qual o melhor?

LIVE ESPECIAL Caruso Lounge

Eduardo Fernandez – Owner of Aganorsa Leaf

LIVE CIGAR 019

Arturo Fuente Cigars com Carlito Fuente

LIVE CIGAR 019

Vega Fina Cigars com Pedro Ventura

LIVE CIGAR 019

La Aurora Cigars com Manuel Inoa

LIVE CIGAR 019

Joya de Nicaragua Cigars com Juan Martínez

Uma curiosidade sobre isso é que o Brasil foi um dos primeiros países a ter acesso a este novo recurso por conta da audiência das lives ter dobrado durante a quarentena.

A empresa do ramo de tecnologia Cisco estima que até 80% do tráfego de dados na Internet será na forma de vídeo até 2021 mostrando que esta é uma tendência que veio para ficar. Para alguns especialistas as lives são um caminho sem volta, muitos artistas utilizaram esta ferramenta pela primeira vez e não pretendem abandonar esta forma de comunicação.

O engajamento e busca de lives no Youtube ficou acima do normal porque as pessoas procuram informações sobre exercícios, saúde e receitas além de entretenimento. O segmento de tabaco também não ficou atrás e durante vários meses tivemos as lives das oito, horário escolhido por quase todos que queriam aparecer durante este período. Tivemos lives no Youtube e no Instagram, a vantagem da primeira é que além de gravada, os comentários e  perguntas feitas durante a gravação ficam disponíveis. No Instagram os comentários desaparecem depois da gravação.

Os campeões de lives durante a pandemia foram o canal Cigar 019 e o canal de Youtube da Caruso. Selecionamos sete lives que vale a pena você assistir ou relembrar.

 

Anterior 2020 PARA IMPORTADORES E PRODUTORES
Próximo BBQ COMPANY